[RESENHA] IT: A COISA - STEPHEN KING

julho 12, 2017

 Título: It: A Coisa
 Título Original: IT
 Autor: Stephen King
 Editora: Suma de Letras
 Número de Páginas: 1103
 Publicação: 1986
 Classificação no Skoob5/5

 Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

 IT é o meu primeiro livro lido do Stephen King, e vou falar sério, QUE LIVRO! Agora que terminei não vejo a hora de ler mais coisas do King, que escrita viciante. Pelo amor. Mas vamos para resenha.

 Em It vamos conhecer um grupo de amigos, Bill, Beverly (Bev), Ben, Eddie, Stan, Mike, Richie que vivem em Derry, uma cidade do Maine. Nas férias do verão de 1958 coisas estranhas começam acontecer nesta cidade, o número de desaparecimentos e mortes aumentaram, e grande parte deles eram crianças. Essa onda de mortes e desaparecimentos começaram quando Georgie (irmão de Bill) foi encontrado sem um braço e morto em um bueiro. Georgie foi brincar na rua com o barco que seu irmão havia feito, quando de repente o barco cai no bueiro e lá Georgie vê o palhaço, ou se preferir Pennywise. Essas ondas voltam a cada vinte sete anos anos quando a Coisa acorda. As crianças se tornam amigos quando coisas comuns acontecem com eles, cada um viu a Coisa de formas diferentes e ficaram aterrorizados, e depois de um tempo percebem que na maioria da vezes apenas as crianças conseguem vê-la. Querendo acabar com isso, eles enfrentam a Coisa, mas não sabem ao certo se conseguiram matá-la, com isso fazem um juramento, onde se a Coisa voltar eles se reunirão novamente para tentar matá-la. Aproximadamente trinta anos depois, a Coisa volta a atacar. Mike foi o único que ficou em Derry e têm a missão de ligar para seus amigos de infância para lhes comunicar que a Coisa havia voltado.



 O livro aborda varias temáticas, além do terror há suspense, aventura, romance e amizade. Antes de começar a ler o livro pensei que era um grande terror, mas não é, o que mais predomina no livro é o suspense. O que eu achei interessante no livro foi que a Coisa pode aparecer de diferentes formas e todas são aterrorizantes.
 Eu não conseguia parar de ler o livro, ele me prendeu do começo ao fim. Alguns acontecimentos e mortes me deixaram revoltada, mas já superei. 


 A nova adaptação do filme será lançada em setembro, estão ansiosos? Eu estou. 


Beijos e até a próxima resenha,

Por Camila Vieira Marques.

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

Facebook

Instagram

Subscribe